5 tendências marcantes do design escandinavo

Tempo de leitura: 5 minutos

Rate this post

Hoje vamos falar um pouco a respeito de 5 tendências marcantes do design escandinavo. Algumas delas foram muito presentes em 2020 e seguiram forte para 2021. Inclusive, há grandes chances de que pelo menos algumas continuem presentes em 2022.

Acho muito importante o design apoiar o bem-estar, com objetos e móveis que têm uma elegância sutil, bem feitos e bem trabalhados. Um design claro. Tudo isso inspira muitas pessoas e acaba se alinhando com o que elas acham relevante na hora de mobiliar e decorar seu cantinho.

Design Escandinavo
Imagem: milanodesignweek.org

Objetos com perfis mais finos (slim)

Primeiro, vamos dar uma “olhada” nos perfis Slim. Os perfis finos também são importantes em muitos objetos de design escandinavo. Por exemplo, os espelhos, frequentemente não têm mais moldura e são mais finos. Quando têm molduras, elas são muito elegantes, discretas e finas. Outros exemplos são: pernas finas em mesas e/ou cadeiras, luminárias e assim por diante.

Contudo, é claro que nem todas as peças da decoração terão um perfil fino. Há, por exemplo muitos sofás mais robustos, com braços grossos. Porém, geralmente com traços mais retos, sem muitos detalhes. Também pode haver vasos decorativos grossos, puffes, assim como outros itens.

No entanto, tenho certeza que você pode imaginar muitos exemplos de peças escandinavas que são lindas e de aparência leve. Quase parecem estar flutuando, porque as pernas são finas e quase imperceptíveis. Por exemplo, em suportes de plantas, mesas de centro e sofás. Os sofás com pernas finas, ou até mesmo sem nenhuma, são uma marca registrada do design dinamarquês moderno.

Sofá com pés finos
Imagem: /i.pinimg.com

O Bege como uma das tendências marcantes do design escandinavo

Em seguida, vamos falar sobre o… Bege, bege e mais bege, mas com TOQUES de cinza.
Vejo mais e mais clientes, amigos e influenciadores do Instagram se voltando para tons beges e brancos, com toques de cinza, mas não como o foco.

A teoria geral é que precisamos de “calor” em nossas casas e que o cinza é uma cor muito fria. De qualquer forma, o cinza foi uma forte tendência durante vários anos. Então, acho que o bege merece o destaque por enquanto. Concordam?

Decoração escandinava com tons de bege
Imagem: dicas.guiamais.com.br

Imagem: totalconstrucao.com.br

O Bege é calmo, “quente” e “macio”. E ele não vem somente em tecidos, como sofás, almofadas, cortinas, etc. Também é possível apostar na cor bege por meio da madeira natural em alguns móveis. Além de elegante, a madeira natural transmite esse contato com a natureza, suavidade, além de um belo toque artesanal.


Um ótimo exemplo disso é a famosa Cadeira Wishbone, desenhada por Hans J. Wegner em 1949. Ela foi e continua sendo um dos clássicos mais procurados do ano por aqui. A madeira maciça combinada à fibra de celulose traz uma naturalidade incrível à peça, deixando os amantes de design apaixonados.

Cadeira Wishbone
Imagem: i.pinimg.com

Iluminação natural, arejada

Agora vamos passar para a iluminação. Mas iluminação arejada!

Depois de todo o tempo que passamos fechados em casa devido à pandemia da Covid-19, o que todos nós queremos é MAIS luz dentro de casa, e não menos, certo?

Iluminação natural
Imagem: casaearquitetura.com

Portanto não queremos nada bloqueando nossa luz do sol! Basicamente, qualquer coisa que nos ajude a nos sentir mais leves – o que talvez remeta aos perfis SLIM dos quais falamos acima. Estamos tão oprimidos por esta pandemia que imagino que quanto menos opressores nos sentirmos sobre os objetos, melhor. Exceto quando se trata de sofás.

Os sofás parecem ter assumido a atração central na maioria das casas, o que me leva ao quarto tópico.

Sofás modulares entre as tendências marcantes do design escandinavo

Sem pernas ou com pernas escondidas e modulares. Tenho visto tantas pessoas optando por sofás sem pernas ou cobertas – e sofás que não são tão delicados ou pequenos -. Sofás grandes, mais robustos e aconchegantes, que permitem que toda a família, incluindo o cachorro (ou gato), se acomodem para uma boa noite de Netflix. Os modelos Lazer e Dileto aqui da Essência Móveis, são excelentes exemplos dessa tendência.

É bastante provável, ou até certo, que isso venha ocorrendo porque as pessoas ficaram muito mais tempo em casa nos últimos 18 meses ou mais. Nesse tempo, sentimos necessidade de mais conforto, aconchego, praticidade.
Quando você está muito em casa, tende a se cansar das coisas mais rapidamente e buscar mudanças e adaptações.
A procura por modelos de sofás com capa também subiu, também impulsionado pelo uso excessivo desse móvel na época mais restritiva do Corona, imagino.

Decoração escandinava com sofá robusto, modular e pés escondidos.
Imagem: hometeka.com.br
Sofá modular
Imagem: saint-gobain.com.br

Artigos decorativos com ouro escovado

Por último, mas não menos apaixonante, o ouro escovado.  Esta ainda é uma tendência que parece estar persistindo, tendo algum poder de permanência mesmo.

Geralmente, ele é presente em artigos de decoração (na maioria das vezes, pequenos). Por exemplo:

  • Diversos tipos de luminária
  • Puxadores de móveis
  • Torneiras
  • Talheres
vaso, modura do espelho, luminária)
Imagem: ninacares.s3.amazonaws.com

O ouro escovado traz um toque de elegância e sofisticação, porém com mais discrição. Ao contrário do dourado comum, que é brilhante e remete mais ao luxo, de forma mais chamativa.
Ou seja, ambos têm sua beleza, basta saber usá-los nos momentos, lugares e tipos de decoração corretos.


Me conta, o que achou desse artigo? Espero que tenha aproveitado a leitura e, acima de tudo, aprendido um pouquinho mais sobre o tema 🙂
E quais são algumas tendências de design escandinavo que você notou?

Quer saber mais sobre móveis de design? Então acesse nosso site e não deixe de acompanhar nossas publicações no instagram, facebook, pinterest e youtube.

Foi um prazer. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *